DOENÇAS RESPIRATÓRIAS NO OUTONO


No dia 20 de março, nós do hemisfério sul damos as boas-vindas ao Outono, uma das estações do ano preferidas dos brasileiros, pois carrega características parecidas tanto com as do inverno como com as do verão. Afinal, ele separa estas duas estações.

Com temperaturas mais amenas, especialmente à noite, e queda da umidade relativa do ar, o Outono traz consigo o agravamento de algumas doenças, principalmente as respiratórias e as alergias. No entanto, é possível preveni-las para aproveitar o que há de melhor nessa estação.

Como o clima fica propício para a transmissão de vírus e para a proliferação de fungos e bactérias, a primeira dica é evitar aglomerações. Segundo o Otorrino Dr Marcelo Galhardo, as pessoas que mais sofrem são os alérgicos que tem a rinite atacada, pois a poluição do ar fica agravada no Outono.

Manter a vacinação atualizada e não se automedicar são outras dicas relevante. “Em casos de sintomas ligados a estas doenças, o melhor é procurar um especialista para investigar a situação. Só um profissional de saúde pode indicar a melhor medicação e a dose adequada tanto para doenças respiratórias, quanto para alergias e viroses”, explica Dr Marcelo Galhardo.

Os sintomas de doenças típicas do Outono costumam desaparecer em até 7 dias.

Esta estação chega ao fim no dia 20 de junho, dando lugar ao Inverno.